Comunicação

29 de June de 2022 | 17:00

Senhor prefeito: a ANÔNIMA somos todas nós!

O Sindicato dos/as Trabalhadores/as em Educação de Goiás, SINTEGO, lamenta a forma com que o prefeito de Goiânia, se dirigiu a uma colega que acompanhava na data de ontem (28), a cerimônia de lançamento do projeto Palavra Cantada na Escola. 

Em meio a questionamentos sobre a aplicação de fato, dos direitos dos/as trabalhadores/as em Educação da capital, especificamente sobre o percentual do Piso acordado durante a greve (15%), o prefeito afirmou que já teria sido aplicado o percentual total para todas/os as/os professores/as.  Afirmação inverídica questionada pela colega que acompanhava no auditório, a cerimônia. 

De forma infeliz, o prefeito quis saber a identidade da colega que fez a interferência.  E logo em seguida afirmou que quem não está satisfeito com o salário deve “pedir para sair”. 

É lamentável que um homem público, tenha essa postura. Seja ela qual for a categoria de funcionalismo, o que se espera é respeito, valorização e o cumprimento das Leis, por meio de respostas sérias e pontuais aos trabalhadores/as que clamam. 

Então, sobre o questionamento do senhor prefeito a respeito da identidade da colega que apenas fez uma observação acerca do direito ao recebimento do Piso, o SINTEGO vem a público dizer quem ela é: A ANÔNIMA SOMOS TODAS NÓS da Rede Municipal de Educação! 

Somos nós mulheres ANÔNIMAS que ocupamos mais de 90% da Educação Pública em Goiânia. Nós que somos as responsáveis por alfabetizar e colaborar  no desenvolvimento de cidadãs e cidadãos de bem, desde o nascimento até a conclusão da educação básica. Todas nós que não medimos esforços, mesmo diante das situações adversas, para que tenhamos mulheres e homens que respeitem o próximo. 

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás

#PagueoPiso #PagueaDataBase2022 #SintegoNaLutaSempre




Imprimir